segunda-feira, 20 de junho de 2016

Forró da ASTRAM 2016 - Agradecimento e Fotos



Muito obrigado a todos que fizeram do Forró da ASTRAM 2016, o maior e melhor de todos os tempos!

Tenham certeza de que sem a confiança e participação de vocês, nada do que estamos realizando seria possível.

Confira algumas imagens da festa e podem colocar na agenda: 

Em 2017, tem mais!

Diretoria da ASTRAM


Clique em Mais Informações e confira outras imagens da Festa:


Convocação: Assembleia Geral - 06 de julho, às 8h, na Sede da Transalvador


quinta-feira, 16 de junho de 2016

Ato de repúdio no Quartel da PM

Os servidores da Transalvador realizaram na tarde de hoje (16), um ato de repúdio em frente ao Quartel da Policia Militar, nos Aflitos. O protesto foi realizado em virtude da tentativa de homicídio de um capitão da PM, que atirou num agente de trânsito, no último domingo.

“Apesar de se tratar de um fato isolado, o caso merece uma apuração imparcial e uma punição exemplar e foi isso que fomos exigir do Comando da Polícia Militar. Infelizmente, o Comandante não pode nos atender, mas protocolamos uma solicitação de reunião urgente, para tratarmos do ocorrido o quanto antes”, informou Luiz Bahia, presidente da Associação dos Servidores em Transporte e Trânsito do Município (ASTRAM).

Entenda o caso - De acordo com boletim de ocorrência registrado na Central de Flagrantes e na Corregedoria da PM, na noite do último domingo (12), o oficial fez um disparo de arma de fogo contra o agente, que felizmente não foi atingido. Ainda segundo a ocorrência, a agressão teve início em uma lanchonete na Rua Conselheiro Spínola, no bairro dos Barris, quando o capitão ofendeu verbalmente os agentes de trânsito, chamando a classe de “ladrões” e que “não valiam nada”, além de outras palavras de baixo calão.

Clique em Mais Informações e confira as imagens do ato:














quarta-feira, 15 de junho de 2016

Release enviado aos meios de comunicação



16.06.2016 – Servidores da Transalvador realizam amanhã assembleia e ato de repúdio contra tentativa de homicídio sofrida por um agente de trânsito

Os servidores da Transalvador voltam a se reunir em assembleia nesta quinta (16), a partir das 13h, no pátio da GTRAN. Neste encontro os servidores irão tratar de questões como Plano de Saúde e a suspensão da progressão no Plano de Cargos e Vencimentos (PCV). 

Durante a assembleia será definido o local onde acontecerá o ato de repúdio da categoria contra a tentativa de homicídio, cometida pelo capitão da Polícia Militar, Jacinto Marciano Brito, que atirou no agente de trânsito da Transalvador, José L. Santos. 

De acordo com boletim de ocorrência registrado na Central de Flagrantes e na Corregedoria da PM, na noite do último domingo (12), o oficial fez um disparo de arma de fogo contra o agente, que felizmente não foi atingido. Ainda segundo a ocorrência, a agressão teve início em uma lanchonete na Rua Conselheiro Spínola, no bairro dos Barris, quando o capitão ofendeu verbalmente os agentes de trânsito, chamando a classe de “ladrões” e que “não valiam nada”, além de outras palavras de baixo calão.

A Associação dos Servidores em Transporte e Trânsito do Município (ASTRAM) repudia a atitude deste PM e afirma que continuará acompanhando o caso e dando todo apoio ao Agente de Trânsito.

“Sabemos que esse foi um fato isolado, até por isso, o caso merece uma apuração e punição exemplar. Iremos cobrar da Transalvador o devido apoio jurídico e psicológico ao companheiro vitima dessa tentativa de homicídio”, disse Luiz Bahia, presidente da ASTRAM.

terça-feira, 14 de junho de 2016

Convocação de Assembleia e Ato de Repúdio: Quinta (16/06), às 13h, na GTRAN






















Convocamos todos os Servidores para Transalvador para Assembleia Geral que será realizada na quinta-feira (16/06), às 13h, na GTRAN.


Teremos como pauta deste encontro os seguintes pontos:

Plano de Saúde e

Ato de repúdio contra a tentativa de homicídio sofrida por um companheiro, no último domingo (12). 

* Na assembleia definiremos o itinerário e local do ato, compareçam fardados, nosso intuito é chamar a atenção dos meios de comunicação e da sociedade para o ocorrido, além de exigir da PM a devida apuração e punição ao policial envolvido no caso.

Diretoria da ASTRAM

Nota enviada aos meios de comunicação: 14.06.2016 - Agente de Trânsito sofre tentativa de homicídio nos Barris



Na noite do último domingo (12), o agente de trânsito da Transalvador, José L. Santos, foi vítima de tentativa de homicídio, cometida pelo capitão da Polícia Militar, Jacinto Marciano Brito. 

De acordo com boletim de ocorrência registrado na Central de Flagrantes e na Corregedoria da PM, o oficial fez um disparo de arma de fogo contra o agente, que felizmente não foi atingido. Ainda segundo a ocorrência, a agressão teve início em uma lanchonete na Rua Conselheiro Spínola, no bairro dos Barris, quando o capitão ofendeu verbalmente os agentes de trânsito, chamando a classe de “ladrões” e que “não valiam nada”, além de outras palavras de baixo calão.

A Associação dos Servidores em Transporte e Trânsito do Município (ASTRAM) repudia a atitude deste PM e afirma que continuará acompanhando o caso e dando todo apoio ao Agente de Trânsito.

“Sabemos que esse foi um fato isolado, até por isso, o caso merece uma apuração e punição exemplar. Iremos cobrar da Transalvador o devido apoio jurídico e psicológico ao companheiro vitima dessa tentativa de homicídio”, disse Luiz Bahia, presidente da ASTRAM.

A categoria está organizando, para próxima quinta (16), um ato em repúdio ao ocorrido, na frente do Quartel dos Aflitos.